Vozes da Re-existência na Pandemia - Vanda Ortega

por PARI-c
07 Dezembro 2021
Nota de Pesquisa

Sinopse: Vanda Ortega, do povo Witoto, foi a primeira mulher indígena a ser vacinada contra a COVID-19 no Amazonas e revela que a força para conseguir cuidar de seu povo, no Parque das Tribos, em Manaus, vem de seus ancestrais.

CRÉDITOS 
• Direção: Flávia Melo
• Participação: Vanda Ortega
• Fotografia e Som: Laísa Maida
• Edição: Laísa Maida
• Vinheta PARI-cine: Ziel Karapotó
• Legendas: Laísa Maida (português)
• Coordenação: Flávia Melo 
• Realização: Respostas Indígenas à COVID-19 no Brasil: arranjos sociais e saúde global - PARI-c; National Institute for Health Research | NIHR; UKRI – UK Research and Innovation

Este filme integra a Plataforma de Antropologia e Respostas Indígenas à #COVID19 – PARI-c (www.pari-c.org), a qual é uma ferramenta de comunicação da pesquisa Respostas Indígenas à COVID-19 no Brasil: arranjos sociais e saúde global. A pesquisa, que se desenvolve ao longo de 2021, é realizada inteiramente de forma remota, conta com uma rede de pesquisadores indígenas e não indígenas em todo o território brasileiro, visa entender como os povos indígenas estão vivenciando a pandemia da COVID-19.
www.pari-c.org.br - Twitter: https://twitter.com/pari_c19